Video: Com Bolsonaro domesticado a direita dita “civilizada” descarta frente com a esquerda

Se permanecer domesticado, de boca fechada e abrir mão das principais decisões do governo, Bolsonaro poderá ter o apoio da direita “civilizada” para a sua reeleição

Luís Nassif e Fernando Horta publicaram dois textos, reproduzidos aqui no Contexto.org, nos quais analisam os últimos movimentos da política brasileira e, inclusive, o Datafolha que assustou a esquerda brasileira. As análises coincidem com posições defendidas pelo Contexto.org, de que o que a direita sempre pretendeu foi domesticar Bolsonaro, para emplacar seu programa ultraneoliberal de governo. Desde que Bolsonaro mantenha o figurino determinado pelos seus mentores, ele continua no governo e pode tentar a reeleição com boa chance de vitória, pois terá novamente o apoio da direita “civilizada”. Sinal disso, é que o presidente abandonou totalmente o governo e de dedica a percorrer o país, fazendo campanha pela reeleição. Caso a direita “civilizada” apoie Bolsonaro, não há espaço para as candidaturas Dória, Huck, Mandeta, Moro ou qualquer outra no campo conservador e neoliberal. Aliás, a utilização de Moro, como moeda de troca e elemento de chantagem, revela que o ex-juiz pode até ser um serviçal da turma, mas não senta nas mesas principais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s